Amolim | Produtos de limpeza - Como remover manchas e conservar o porcelanato da sua casa
Seja um revendedor: (18) 3304-4467

Como remover manchas e conservar o porcelanato da sua casa


Os Porcelanatos são revestimentos, que além de modernos e bonitos, apresentam uma vantagem em relação a outros tipos de piso: são muito mais fáceis de limpar e prevenir de manchas. 

O Porcelanato é um tipo de revestimento cerâmico que leva esse nome devido a seu modo de produção. Diferentemente da cerâmica, que é composta por argila e minerais variados, o porcelanato é feito de porcelana combinada com materiais nobres, o que resulta em um efeito estético mais apurado. Muito versátil, o porcelanato pode ser usado tanto nas áreas internas quanto nos espaços externos da casa. Além dessa versatilidade, entre as principais qualidades do porcelanato estão a uniformidade de coloração, a baixa porosidade, a aparência elegante, o conforto térmico e a alta resistência a abrasões químicas e físicas. Para que o porcelanato permaneça sempre bonito, limpo e livre de imperfeições, é ideal realizar limpeza diária, pesada e emergencial. Mas é importante lembrar que o porcelanato é também um revestimento muito delicado e requer cuidado no momento da limpeza. 

Limpeza diária 

  1. Varra os ambientes com uma vassoura de cerdas macias ou use o aspirador de pó; 
  2. Prepare uma solução com uma colher de sopa de detergente ou sabão neutro em 5 litros de água (caso o chão se apresente muito gorduroso, utilize água morna); 
  3. Passe um pano umedecido com essa solução pelos porcelanatos; 4. Seque o piso com um pano seco e limpo para que não fique com manchas; 

Dicas Importantes: 

Use sempre produto diluído em água, nunca aplique produto diretamente no piso. Se derramar algo no piso, limpe o quanto antes. Isso evita o aparecimento de manchas. Produtos que contem flúor e ácidos corroem e estragam o porcelanato. Não use nem deixe cair no piso produtos como removedores de ferrugem (ácido oxálico – Semorim) e limpa alumínios do tipo Brilhol. Na cozinha é possível que a superfície acumule mais sujeira e gorduras, com isso o ideal é usar a mistura com detergente neutro sempre após cozinhar para manter a limpeza e brilho. Áreas de maior circulação podem sofrer com respingos de água, como perto da pia, a dica é usar um tapete antiderrapante, assim evita o desgaste do brilho e não fica escorregadia. 

Limpeza pesada 

Uma vez por semana, ou a cada 15 dias ou até mesmo mensalmente, recomenda-se realizar uma limpeza mais profunda do revestimento para evitar o acúmulo de sujeira e aparecimento de manchas. Utilize uma solução de 1 colher de sopa de saponáceo em 1 balde de água e aplique no porcelanato com ajuda de um pano limpo. Se for utilizar algum produto diferente desse, verifique nas instruções se ele pode ser usado em porcelanatos. Depois de limpar com a solução, passe um pano úmido (somente com água limpa) sobre todo o piso e deixe secar naturalmente. 

Como limpar porcelanato: 

Pós-obra 

A limpeza pós-obra do seu revestimento deve ser feita cuidadosamente, pois ainda pode haver materiais bastante abrasivos em sua superfície, como cimento e areia. Remova os resíduos soltos com uma vassoura de cerdas macias antes de passar um pano úmido. É muito importante realizar a primeira limpeza do porcelanato, pois ela vai trazer brilho ao revestimento e evitar o aparecimento de manchas superficiais nos primeiros anos. A primeira limpeza faxina do seu piso deve ser feita em até 15 dias após a aplicação do rejunte, e bem feita, vai evitar manchas e facilitar as próximas faxinas no dia a dia. 

  1. Com um pano macio e seco, retire a grossa superfície de sujeira; 
  2. Limpe todo o revestimento utilizando uma esponja macia umedecida em água limpa; 
  3. Com o piso seco, aplique sobre ele pouca quantidade de um produto de limpeza profunda (como saponáceo). 

Obs.: diluir o produto em água (1/10).

Tipos de Porcelanato 

Porcelanato polido: 

Os revestimentos de porcelanato polido são os mais conhecidos, são delicados e com alto brilho. Eles possuem a superfície mais lisa, pois recebem um polimento e uma camada protetora. São mais recomendados para áreas secas como salas, corredores e quartos, pois são extremamente escorregadios quando molhados. 

Porcelanato esmaltado: 

Aqui as peças recebem uma camada de esmalte com o desenho desejado. Eles podem ser lisos ou ásperos, brilhantes ou foscos. É um revestimento que pode ser utilizado para uso residencial, comercial e até mesmo industrial. Porcelanato acetinado: Já o acabamento acetinado tem característica fosca e é mais resistente a riscos e manchas do que o polido. Além de possuir leve brilho é menos escorregadio, por isso é mais indicado para áreas molhadas como banheiros, cozinhas, lavanderias. O porcelanato acetinado além de ser mais resistente, não vai ser preciso passar aquele pano seco para finalizar a limpeza. Sua superfície é capaz de absorver a água, ou seja, só espere secar e ele estará prontinho e muito limpo. 

Porcelanato rústico: 

Esse é o mais indicado para áreas externas e úmidas como sauna, box do banheiro, garagens e decks de piscinas. Ele tem uma superfície levemente abrasiva, é ainda mais resistente que os outros tipos de acabamento e pouco escorregadio. Limpeza de Manchas Manchas de óleo, graxa, ferrugem, frutas e sucos: utilize a solução de saponáceo cremoso ou de detergente líquido para fazer a limpeza. Limpe imediatamente depois de derrubar a sujeira ou de detectar a mancha. Nunca utilize produtos com cristais e partes solidas para limpar o chão, dessa forma você evita riscos e arranhões. 

Manchas de tinta: 

limpou a casa e manchou o piso? Utilize removedor próprio para porcelanatos. Outros produtos pesados podem até retirar a mancha de tinta, mas irão desbotar e danificar o seu piso! Manchas de pneu, giz de cera ou lápis: com ajuda de um pano limpo ou esponja macia, aplique saponáceo cremoso sobre a mancha até sair, depois faça a limpeza convencional do piso para retirar os excessos do produto. 

Manchas de caneta: 

faça a mesma limpeza acima, porém, utilizando álcool em gel incolor ao invés de saponáceo. 

O que não usar na limpeza de Porcelanato: 

Ainda que resistentes, os porcelanatos são danificados quando em contato com substâncias abrasivas e químicas inadequadas, resultando em superfícies porosas, riscadas e opacas. Sempre leia o rótulo e as indicações do produto de limpeza que irá utilizar no porcelanato para evitar problemas. Na dúvida, nunca aplique em seu piso para evitar desgaste no brilho do revestimento, riscos e manchas os seguintes produtos: Água sanitária e acetona; Ácidos, amoníaco, e soda cáustica; Aguarrás; Escovas, palha de aço e esponjas ásperas; Ceras e demais produtos que prometem aumentar o brilho; Sabão em pó; Saponáceos em pó; Produtos multiuso; Produtos clorados.